Encontro educativo e socioambiental com profissionais da educação formal

A Associação Cultural Pisada do Sertão por meio da equipe do projeto Caminhos para a cidadania patrocinado pela Petrobras através do Programa Petrobras Socioambiental realizou no dia 12/02 um encontro educativo e socioambiental com educadores da rede municipal, estadual e programas sociais executados pelo município de Poço de José de Moura.

O objetivo desta ação é promover o fortalecimento das redes educacionais a fim de articular de forma ativa uma rede de conhecimentos mútuos, favorecendo a participação da comunidade nas práticas escolares, dialogando com problema socioambiental da comunidade local, a fim de intervir nessa realidade.

O projeto visa alcançar resultados relevantes na promoção da inclusão social por meio da democratização do acesso às práticas esportivas utilizando tecnologias sociais e ações voltadas para a preservação do meio ambiente em diferentes espaços socioeducativos do município.

Serão realizados 08 encontros educativos e socioambiental com educadores da rede municipal, estadual e programas sociais executados no município a cada três meses com duração de 8 horas, sendo 04 horas para educadores do ensino fundamental I e educação infantil e 4 horas para educadores do ensino Fundamental II e Médio.

O encontro foi ministrado pela Coordenadora pedagógica Rafaella Lopes e a Coordenadora Geral Ana Neiry de Moura Alves e contou com a participação da Secretaria Municipal de Educação Nubia Naiete de Moura e de 80% dos educadores da rede municipal e estadual de ensino de Poço de José de Moura, uma ação que demonstra o interesse de trabalhar em parceria para que juntos possam somar forças em favor da melhoria da aprendizagem de crianças, adolescentes e jovens. 

O projeto prevê a continuidade da parceria entre ONG e escolas na qual a Associação Cultural Pisada do Sertão reconhece suas potencialidades e limitações e compreende a necessidade de juntar-se a escola de forma a complementar o processo formativo das crianças e adolescentes atendidas. Como o público está no mesmo território e dentro da escola, é preciso somar forças, unir o conteúdo escolar com as práticas culturais, sociais e educacionais desenvolvidas na ONG formando um elo de corresponsabilidades, assim juntas poderão criar um ambiente de diálogo e intervir na realidade local, construir uma relação de confiança que contribuam para o desenvolvimento integral por meio de estratégias que favoreçam a aprendizagem. Visando garantir a concretização da parceria, ONG e Escola organizarão em conjunto através do planejamento anual sistemático, na qual serão definidas as ações a serem desenvolvidas por ambos, tais como: Projetos de cunho educacional, cultural e social, encontros pedagógicos e oficinas de práticas didático-pedagógicas com professores e educadores sociais, realização de levantamento de dados para elaboração do diagnóstico da situação atual relacionado ao índice de desempenho escolar, a fim de estabelecer os objetivos e metas a serem alcançados através da parceria e da corresponsabilidade.

As metas para 2016 foram definidas e articuladas juntamente com as escolas, são elas:

40% dos participantes em atividades de educação complementar com melhoria de desempenho na educação formal;
50% das crianças, adolescentes e jovens interagindo de forma proativa no seu contexto social;
60% das famílias reconhecendo o seu dever na defesa da garantia dos direitos das crianças e adolescentes interagindo no processo de formação.























Nenhum comentário:

Postar um comentário