Segundo Seminário da Diversidade Cultural

O Seminário Diversidade Cultural - Entendendo a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais foi aberto na manhã desta sexta-feira, 7 de agosto, em Sousa, na Paraíba, no Centro Cultural Banco do Nordeste. No calçadão ao lado do CCBNB, antes da solenidade de abertura, houve uma apresentação do Grupo de Xaxado Pisada do Sertão, da cidade de Poço de José de Moura.
Em seguida, já no anfiteatro do Centro Cultural, os participantes do encontro puderam assistir a cantoria do poeta sousense e aboiador Zé Paulino, conhecido na região pela criatividade de suas letras, que rimam versos com a riqueza da cultura do povo nordestino: “a cultura é tão bonita que faz a gente pensar numa noite enluarada, onde o povão está, uma noite de cantoria que faz o pandeiro trinar (…) só nasci pra ser vaqueiro, abrir a boca e cantar, com o dom que Deus me deu e jurou de nunca tomar”.
Compuseram a mesa de abertura do Seminário o secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Américo Córdula; o subsecretário de Cultura da Paraíba, Flávio Roberto Tavares de Melo; o gerente de Cultura do BNB, Henilton Menezes; a chefe da Representação Regional Nordeste do MinC, Tarciana Portella; e o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone. O evento, uma iniciativa da SID/MinC, conta com a parceria do Observatório da Diversidade Cultural, BNB, Subsecretaria de Cultura da Paraíba, Fundação Espaço Cultural da Paraíba, Fundação Municipal de Cultura de Sousa e Fundação Casa de Cultura José Américo, além do apoio da RRNE/MinC.
O Seminário tem como meta difundir o conteúdo da Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais da Unesco, especialmente junto aos gestores culturais, em todos os níveis da Federação. A primeira palestrante do dia foi a coordenadora da SID/MinC, Giselle Dupin, que como membro da Delegação Brasileira no Comitê Intergovernamental da Convenção explicou os conceitos e objetivos, além do histórico das negociações e princípios diretores.
Na parte da tarde foi anunciado por Tarciana Portella o lançamento dos editais Microprojetos Mais Cultura para os estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Ao final da programação desta sexta-feira (dia 7), gestores culturais representantes de todos os nove estados nordestinos assistem ao espetáculo musical Violas de Bronze, de Siba e Roberto Corrêa.
(Texto: Rose Andrade, Ascom RRNE/MinC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário